28 de mar de 2009

Pelo celular

Cada vez mais a tecnologia muda nossos habitos, resolvi atualizar meu blog tbm via celular, muitas vezes tenho visto e escutado coisas interessantes e, ou esqueço de postar ou simplesmente perco o momento de enviar.

Agora não tenho mais desculpas rs, estou aprendendo a usar esta ferramenta via cel. e vou compartilhar com vcs.

Desde já peço desculapas por eventuais erros de digitacão e ou falta de acentos rsrs

Um abraço

Denis
BlackBerry®

13 de mar de 2009

Franquias não sentem efeitos da crise e crescem mais do que o esperado em 2008

Maduro e capitalizado, o setor busca as oportunidades que surgem nos momentos de turbulência para crescer no Brasil e no exterior

A Associação Brasileira de Franchising (ABF) anuncia o desempenho do setor de franquia no Brasil durante o ano de 2008 e constata que a crise financeira internacional não atrapalhou os planos de crescimento das empresas, tanto no Brasil, como no exterior. Em 2008, o setor faturou R$ 55 bilhões, 19,5% a mais do que em 2007. O número surpreendeu a Associação, que havia previsto um crescimento de 17% para o período.

Para o diretor executivo da ABF, Ricardo Camargo, apesar da crise internacional assustar consumidores de todo o mundo, outros fatores impactam positivamente o setor. “No Brasil, os setores mais afetados com a crise - automobilístico, financeiro e construção civil – não são representativos no mercado de franquia. Além disso, três fatores contribuíram – e muito – para os números no ano passado: aumento dos níveis salariais, aumento da taxa de emprego verificado até outubro e acesso das classes C e D ao consumo”, explica o executivo.
Outro argumento do executivo da ABF é que, historicamente, quando o mercado sofre com demissões, o setor de franquias acaba recebendo muitos novos interessados. “Ao perder o emprego, muitos profissionais optam pelo negócio próprio e, nesse momento, o modelo de franquia leva muitas vantagens”, afirma, ressaltando que, de dezembro para cá, as redes associadas registraram um aumento de 25% no número geral de interessados em adquirir uma franquia.

Para 2009, a expectativa é que o setor continue crescendo. A ABF estima um crescimento de 13%, já considerando o fator crise. “Estamos sendo conservadores, uma vez que as redes estão mantendo seus planos de investimento inalterados para o ano . Outro fator favorável para a expansão das redes é que os pontos comerciais tiveram queda de preço. Para quem deseja iniciar no mercado de franquias, o ponto comercial, na maioria das vezes, é o investimento mais significativo. Com a crise, o preço desses ativos caíram no Brasil e no mundo”, explica Camargo.
No cenário internacional, as franquias brasileiras também estão buscando aproveitar das distorções causadas pela crise. Os ativos estão mais baratos e o câmbio está favorável aos produtos brasileiros. A ABF acredita que a crise pegou o setor capitalizado – os últimos 18 meses foram muito positivos para o setor – e ainda mais maduro. “É hora de aproveitar as lacunas que o mercado oferece”.

No sentido inverso, ou seja, a vinda de redes de franquia para o Brasil, também deve se acentuar daqui para frente, já que o Brasil tornou-se o país mais seguro para novos investimentos, em detrimento da China, Rússia e Índia. “No franchising mundial, o Brasil é visto como referência. Ocupa a quarta posição no ranking e está no comando do principal órgão internacional do setor, o World Franchising Council, o que auxilia muito na criação de uma imagem positiva para o setor”, explica Ricardo Camargo. Números de 2008 De acordo com o levantamento da ABF, no ano passado, o sistema de franchising registrou um faturamento de R$ 55 bilhões, que representou um aumento de 19,5% em relação a 2007. Em 2008, 200 novas empresas adotaram o modelo de franquias como estratégia de crescimento, o que contribuiu muito para o aumento do faturamento do setor e também das unidades franqueadas, que somam quase 72 mil.
Atualmente, operam no Brasil 1379 redes de franquia, responsáveis por aproximadamente 648.000 postos de trabalho diretos e 2.592.000 indiretos. Para o estudo de desempenho do setor, a ABF reúne os franqueadores em 12 segmentos. O levantamento utiliza os dados fornecidos pelas redes associadas (cerca de 600 marcas) mais dados de mercado de todo o ano.

Os segmentos que mais cresceram em 2008 foram Acessórios Pessoais e Calçados (44,8%), Serviços relacionados a Veículos (31,7%), Vestuário (27,2%) e Esporte, Saúde, Beleza e Lazer (25,8%). Apenas um segmento apresentou queda no faturamento: Limpeza e Conservação (-1,4%).

Abaixo confira o desempenho de cada um desses segmentos:
Acessórios Pessoais e Calçados – Foi o segmento que mais cresceu em 2008. Registrou um incremento de 44,8%. Esse índice é resultado da entrada expressiva de novas e grandes redes no sistema como Havaianas (quiosques) e Baloné (marca de acessórios para adolescentes da mesma rede da Morana). O segmento também registrou um crescimento de algumas redes já consagradas como: Arezzo, Carmen Steffens, Chilli Beans, Morana, Via Uno, World Tennis e Dumond.
Alimentação - Sempre em crescimento, registrou um aumento de 20% em seu faturamento, em 2008. O crescimento também tem origem na entrada de novas redes no sistema – Eisenbaum, Frutiquello Sorvetes, KFC, Koni Store e Rochinha. As grandes redes também cresceram como: BOB’S, AMBEV, Cacau Show, Burger King, Spoleto e Subway.
Educação e Treinamento - Setor apresentou crescimento de 3%. Porém, iniciou o ano de 2009 com boas perspectivas de crescimento. Destaque para as novas redes ACP-SAT (preparatório para Concursos Públicos); Estudo Mais, Projeta Cursos e Tutores.
Esporte, Beleza, Saúde e Lazer - Crescimento de 25,8%. Destaque para a entrada de novas redes como Sorridents, Pelé Club, Zero Depilação, WISHAWISHA, IGUI Piscinas e UZ GAMES. Grande crescimento das redes O Boticário, Mahogany, L’Acqua di Fiori, Zástraz Brinquedos.
Fotos, Gráficas e Sinalização - Crescimento de 2,6%. Setor muito pequeno e sem muita variação ano após ano.
Hotelaria e Turismo - Cresceu 11,6% em 2008, registrando crescimento das redes e o incremento de novas marcas como World Study e Intercâmbiocursos.com
Informática e Eletrônicos - Em 2008, o setor cresceu 5,6%. A competição com os grandes supermercados é grande. O setor ganhou duas novas marcas Notebook Century e Hellow Voip.
Limpeza e Conservação - Único segmento que apresentou retração (-1,4%). Diminuição em número de unidades em segmentos voltados para serviços em Limpeza e Conservação. Novas Redes: Loc Lav, Primia, Truck Wash.
Móveis, Decoração, Presentes e Imobiliárias- Crescimento de 7% em 2008 devido ao crescimento do setor imobiliário. Destaque para o ingresso no Brasil da rede americana CENTURY 21 e para as nacionais COLCHÕES ORTOBOM e MMARTAN, que aderiram ao sistema no período. Crescimento das redes tradicionais como Multicoisas, PortoBello Shop e Casa do Construtor.
Negócios, Serviços e Outros Varejos - Crescimento de 21,1%. Número puxado pelo aumento de unidades das seguintes redes AM PM Mini Market, Paraná Crédito, Post Net e pelos entrantes Agecel, cartório Postal, Chopp Brahma Express, entre outros.
Veículos - Crescimento de 31,7%. Vale lembrar que não está incluído nesse volume a venda de automóveis e, sim, serviços de manutenção, limpeza, aluguel, estacionamento, entre outros. Crescimento do faturamento das seguintes redes: Jet Oil, Localiza Rent a Car, Multipark e Oficina Brasil. Redes novas: ABC HIPER (pneus) e DNA SECURITY
Vestuário - Com 20% de crescimento, o setor de vestuário registrou o ingresso de marcas fortes como Tip Top, O Poderoso Timão e Mar Rio. Destaque para redes tradicionais como: Caverna do Dino, Hering Store, Hope, PUC, Puket e Scala.

Fonte: Empreendedor

6 de mar de 2009

Vai hoje a noite para o Ar

Continuando, o que eu falei das empresas que aproveitam os momentos importantes para impactar o seu publico e citei alguns exemplos do esporte.

Esse vai para o ar hj a noite.

http://www.youtube.com/watch?v=ius2P4b6vx4

3 de mar de 2009

Pra lembrar o que não tem preço...

A publicidade adora aproveitar fatos do momento.

No meu outro post coloquei dois filmes da nike e agora segue um da mastercard

Em breve teremos algum filme da nike, com o Ronaldo, mas para descontrair separei um antigo que, até onde me consta veiculou na argentina pela Mastercard.
http://www.youtube.com/watch?v=H1DsZKyp6PA&feature=related

R9

Eu vibrei e muito com um craque argentino (difícil, mas é verdade) Carlitos que ainda sou fã e sei que vai jogar de novo com a camisa 10 do meu timão, mas agora eu tenho um Brasileiro que tenho ainda mais orgulho...

Um dos melhores de todos os tempos (que eu vi jogar. O melhor) provavelmente vai entrar em campo hj com a camisa do meu time, que orgulho, que ansiedade, que delicia.

Se vai jogar bem se vai aguentar, se vai marcar gol, se vai se machucar, se vai... sei lá rs eu sei que eu queria muito ver isso, ohhh se queria, sou fã demais R9
do Ronaldo de coração, e independente de ele ter vindo ou não para o meu time de coração, eu já torceria para ele voltar e voltar bem. Sei que muitos
Que estou escrevendo este email também pensam assim, não vão admitir mas no fundo torcem para o Fenômeno voltar e bem.

O Clássico do do fim de semana, só ganha mais brilho e não poderia ser diferente, contra o maior dos rivais, o co-irmão... ai meu coração, ai minha
angustia.

Sou louco por ti Corinthians...

Como escreveu um palmeirense na coluna do Juca:
“Se preparem para vê-lo correr com o dedo em riste.
Para ficarem nervosos a cada vez que ele cair no gramado.
Porque jogando ou não, fazendo gols ou não, ganhando títulos ou não, vocês tem o Fenômeno.
O maior jogador da minha época e meu maior ídolo.
Ronaldinho/Ronaldo/ Rrrrrrronaldo!
Um craque que mesmo prestes a vestir a camisa alvinegra do eterno rival não deixará de ter minha torcida para que volte a brilhar.
(Especialmente com a camisa amarela da Seleção da qual há muito não assisto os jogos).
Um jogador que me daria orgulho só de treinar no meu time.
Que não me tiraria do sério nem fazendo um golaço no Marcos.
Que me faz, pela primeira vez na vida, sentir inveja dos corintianos.
E que me obriga a agradecer ao Corinthians (e isso não é pouco).
Por me permitir vê-lo atuando em um estádio.
(Afinal não perderei por nada nesse mundo os Palmeiras x Corinthians de 2009).
Se preparem para sentir a alegria de ter um craque no time.
Pois eu ainda tenho uma longa jornada para entender e aceitar tudo isso.
Antes de voltar a sonhar com um gol do Fenômeno pelo meu alviverde inteiro.
Agora podem falar à vontade...”

Ahh queria compartilhar dois vídeos com vcs!!!
Primeiro: http://www.youtube.com/watch?v=u-Qh0K5XgFc
Segundo: http://www.youtube.com/watch?v=JIJ2y9VEPWo&feature=related
Opsss: http://www.youtube.com/watch?v=pNYhps6Pe84&feature=related
Um abraço e até amanha a esta hora!!!

2 de mar de 2009

2019 pela Microsoft

Dica do Blog da Delyse Braun
Vale a pena ver o video abaixo, de como os filmes de ficção estão cada dia mais proximos da nossa realidade.
Nossos filhos vão viver isso!!!
Clique aqui