14 de dez de 2009

Premio Guia da Folha Vanilla Caffè



Um de nossos clientes o Vanilla Caffè unidade Antonio Carlos, proximo da Paulista, está participando de uma votação do Guia da Folha, a ser considerada a melhor cafeteria de São Paulo.

Quem não conhece, não apenas a unidade Antonio Carlos mas qualquer unidade da rede Vanilla Caffè, recomendo fortemente. Vale uma parada antes, depois do programa (para muito é o local de encontrar a galera).

É só entrar neste link http://polls.folha.com.br/poll/0933715/results e escolher o vanilla caffè.

Um abraço

Denis

12 de dez de 2009

KFC cria contador de franguinhos

Esse veio direto do blog da Delyse.





Painel faz contagem de todos o frangos vendidos ao vivo.

Cada vez mais é preciso surpreender o consumidor, e criar mídia espontânea este tipo de ação consegue as duas coisas e vc o que está fazendo
Desde a introdução do frango grelhado em seu menu, em abril deste ano, mais de 60 milhões de americanos já aderiram à “nação grelhada” (grilled nation) da cadeia de fast food KFC.
Como estratégia de convencimento, aquisição e exibição do sucesso do seu novo produto, a KFC instalou um grande painel na Times Square, em NY, com contagem simultânea de todas as vendas relacionada ao produto. Quando a Delyse tirou a foto eram 63 milhões, hoje já está pertinho dos 70 milhões.

Se vocês forem no site, vão ver o contador ao vivo, direto da Times Square.

25 de nov de 2009

"Pegando" Taxi

Essa quem me mandou foi o meu amigo e cliente George da Invel.




Ações de mídia diferenciadas podem ser bem interessantes, inclusive o envelopamento de veículos, mas da teoria a pratica muita coisa pode acontecer.


Vejam o resultado do descuido com o local da imagem, fica a minha pergunta, com que cara vc "pegaria" nesta porta ? rs

19 de nov de 2009

Sua franquia já está no Facebook ? e no Twitter ?

Há pouco tempo atrás postei aqui um video sobre as redes sóciais, se quiser rever, o que recomendo clique aqui




Apenas uma em cada quatro organizações tem perfil na internet, segundo estudo da Associação Comercial de São Paulo.

A Associação Comercial de São Paulo realiza no dia 26 de novembro, em São Paulo, o Ciclo de Seminários - Comércio Eletrônico para Micro e Pequena Empresa. No evento será apresentado um estudo inédito sobre o perfil comportamental do empresário paulista em relação ao uso da internet para a realização de negócios.

Todo os resultados do levantamento serão apresentados por Sandra Turchi, superintendente de Marekting da ACSP, na próxima quinta-feira, 26, das 9h às 18h30, no Ciclo de Seminários - Comércio Eletrônico para Micro e Pequena Empresa. O evento, promovido pela associação, será no Teatro Gazeta (Avenida Paulista, 900), na capital paulista. Clique aqui para saber mais e se inscrever no evento.


Além de dados de comércio eletrônico, foi identificado também que apenas 23% das empresas se utilizam de comunidades virtuais como ferramenta de divulgação da marca. A pesquisa entrevistou 1.200 pessoas.

Como está o envolvimento dos seus parceiros com a sua rede ?

Estou atualizando a minha aula que irei dar no próximo sábado no MBA de Franquias da Fia/Provar e sempre que vou dar aula, acabo aproveitando para rever em todos os nossos clientes e trabalhos a nossa metodologia e cada vez mais o papel do franqueado dentro de uma rede de franquias é fundamental para o sucesso da rede. E também noto que o franqueado está se profissionalizando, isso mesmo, noto uma tendência ao franqueado levantar o seu bumbum da cadeira e procurar alternativa para melhorar o seu resultado. Está cada vez mais comum o nosso pessoal da agência conversar diretamente com o franqueado para entender as suas necessidades.

Semana passada teve dois casos bem interessantes com nossos clientes. (duas redes diferentes). Tivemos reunião com pequenos grupos de franqueados, em conjunto com a franqueadora, para entender melhor as suas dificuldades e a partir deste bate papo surgiram idéias bem bacanas e que geraram resultados não apenas para aqueles franqueados, mas para a rede como um todo.

Não tenho dúvidas que isso é um caminho sem volta e nos, os fornecedores/parceiros do segmento de franquias precisamos nos preparar para esse "novo" jeito de trabalhar com franquias e seus franqueados.

Tenho orgulho de dizer que a MD não só está pronta, como defende este jeito de trabalho há muito tempo.

Fica a minha pergunta, como está o envolvimento de seus fornecedores com a sua rede ?


OBS: Se vc não conhece o MBA em Franquias da Fia/Provar, precisa conhecer: http://www.provar.org/mba-franquias.asp

13 de nov de 2009

Crescimento das marcas proprias! O que sua franquia tem a ver com isso ?

Um de nossos clientes a Farmais, nos monitora sobre o que acontece no mercado, e nestes monitoramentos, me chamou a atenção a força que a marca própria vem ganhando no mercado, e o melhor, na minha opinião a aceitação do consumidor também.


Marcas próprias ganham espaço no Brasil, diz pesquisa

Em 2009, a quantidade de itens de marca própria disponíveis no mercado brasileiro aumentou 23%. Houve alta de 7% no faturamento do segmento, aponta Nielsen

Leia materia na integra:
http://revistapegn.globo.com/Revista/Common/0,,EMI103721-17180,00-MARCAS+PROPRIAS+GANHAM+ESPACO+NO+BRASIL+DIZ+PESQUISA.html









Faturamento de marcas próprias cresce 7% em 2009


Número de produtos do segmento cresceu 22,7% em comparação com 2008

http://varejo.espm.br/2009/11/faturamento-de-marcas-proprias-cresce-7.html

Entre outros veículos que deram destaque a pesquisa a Nielsen.

E sua rede, e sua franquia, o que pensa sobre isso ?
Uma das grandes vantagens que o sistema de franquia tem é a capilaridade que a sua rede de franqueados pode atingir, quem não tem uma marca própria, será que já não é hora de pensar nisso ?

Um abraço

Denis

10 de nov de 2009

O negócio do Luxo! Sua Franquia sabe como fazer ?

Abaixo reproduzo a entrevista do meu amigo Carlos Ferrerinha da Revista Isto é Dinheiro, que conhece tudo do mercado do Luxo que as empresas cada vez mais estão descobrindo. No mundo de franquias isto não será diferente, cada vez mais os consumidores da Classe A "gargalhada" buscam por serviços e produtos diferenciados (mesmo!!!), se sua franquia tem interesse neste nicho, precisa entender como funciona.






Carlos Ferreirinha, dono da MCF Consultoria


"Não há um boom de luxo no Brasil"


por Carlos Sambrana

Ex-presidente da Louis Vuitton no País e atualmente no comando da MCF, consultoria especializada em gestão de empresas de luxo, Carlos Ferreirinha, 40 anos, é considerado uma espécie de oráculo do mercado de alta renda no Brasil.

De Marc Jacobs a Rei do Mate, de Stella McCartney a Casas Bahia, mais de uma centena de empresas já o procurou para decifrar o comportamento dos consumidores classe A. Tanto é  que, desde que fundou sua consultoria, há oito anos, treinou nove mil profissionais. Na entrevista que segue, ele revela como os consumidores mudaram, o que as empresas estão buscando e analisa o mercado nacional. "O que há no Brasil é uma demanda reprimida", diz Ferreirinha. Acompanhe:

DINHEIRO - Atualmente, muitas empresas que trabalham com o público de massa estão usando técnicas de gestão do luxo. O que explica esse fenômeno?

FERREIRINHA - Há uma mudança profunda no comportamento de consumo das pessoas. Para o indivíduo, não basta mais uma linguagem em cima da qualidade do produto e do serviço. Isso virou commodity. Você olha para o lado e enxerga uma quantidade enorme de produtos e serviços extraordinários. Existe, por exemplo, um posto de gasolina, entre Joinville e Jaraguá do Sul, chamado Rota 66. Quando você para o carro para abastecer, vem um indivíduo estendendo um tapete vermelho na porta do seu carro. Se você não sair do carro, vem um outro frentista com uma bandeja te oferecendo água, chá, bolacha. Eu falo para os executivos da TAM, que são meus clientes: "Vocês percebem que o posto de gasolina, no interior, entre Joinville e Jaraguá do Sul, já alcançou o nível de serviço de bordo?" A equiparação do nível dos serviços já é muito alta.

DINHEIRO - Como se diferenciar?

FERREIRINHA - Nas experiências, no diálogo emocional, na capacidade e na habilidade do indivíduo de estimular o outro pela observação. Isso virou obrigação. Só que para isso você tem que recapacitar o indivíduo para olhar para o cliente. Ele tem que ler o consumidor não mais por renda, mas pelo comportamento. As coisas mudaram. Acabou essa palhaçada de fidelidade. Isso é de uma época em que só produto fazia diferença. As marcas têm que surpreender com algo diferenciado.

DINHEIRO - Mas o que é esse algo diferenciado?

FERREIRINHA - É conseguir surpreender acima do inesperado. Que seja um produto inovador ou o treinamento daquele indivíduo para que ele seja capaz de observar o cliente com mais atenção. Falo para o Michael Klein [presidente da Casas Bahia: "Você não precisa virar uma Fast Shop, mas tem que se perguntar o que leva um indivíduo a comprar um Bentley mesmo 100 anos depois de essa marca ter sido fundada. O que leva um indivíduo a fazer fila para comprar bolsa Hermès?" Se você entende o que está por trás disso, talvez você consiga vender a sua televisão por R$ 2,1 mil e não por R$ 2 mil.

DINHEIRO - No caso das Casas Bahia, por exemplo, como é possível oferecer esse serviço diferenciado sem parecer pedante?


FERREIRINHA - A primeira coisa a ser feita é desconstruir o processo levando o vendedor da Casas Bahia a entender que ele faz o mesmo movimento de consumo aspiracional no dia a dia dele. E, se ele tivesse a chance de estar na posição daquele cliente, ele também compraria produtos desnecessários. Quando aquele vendedor da Casas Bahia vai vender aquela televisão de LCD de R$ 2 mil divididos em dez parcelas, ele pode muitas vezes pensar: "Para que uma pessoa precisa comprar uma televisão de LCD?"
Eu digo para ele: "O cliente não precisa e nem você", e ainda mostro de uma forma bem simples que eles também fazem esses movimentos diferenciados. Nas convenções da Casas Bahia, pergunto: "Quem faz barba com a Gillette Mach 3?" Quase todos levantam as mãos. Mach 3, uma gilete de R$ 22. Para que se existe uma Bic de R$ 3,50? Eles têm que entender que o movimento de consumo é o mesmo, acontece com todos. Um dia desses, vi que o consulado português lançou no Brasil um serviço premium. A Perdigão, isso mesmo, a Perdigão, antes de virar a Sadigão, lançou uma campanha no mercado que virou escola dentro da MCF. Muitos podem nem ter percebido, mas estava lá a Coleção Salaminho e Mortadela Ouro. Coleção é termo de moda, ouro tem a ver com a joalheria, com o raro. A Perdigão posicionou o salaminho num patamar premium!

DINHEIRO - A mudança de abordagem dos funcionários melhora as vendas das empresas?


FERREIRINHA - É claro que sim. O tíquete médio aumenta e, mais do que isso, é bacana ver como os funcionários também mudam e reconhecem essa diferença. Recentemente, fizemos um treinamento com uma loja de varejo em Campinas e uma das nossas áreas era a capacitação dos funcionários. Estava lá a dona Severina, que serve o café, e ela disse que havia ido a uma grande loja e desistido de comprar porque chegou no lugar e o vendedor nem olhou para ela.
Aí falei: "Dona Severina, imagine que a senhora está numa loja servindo o café e serve para todos indiscriminadamente. Agora vamos imaginar que a Paula, a vendedora da loja, chega para a senhora lá dentro e diz quem são as clientes para a senhora oferecer o café chamando as pelo nome. Não muda?" Ela cristalizou aquilo de uma forma e disse que aquilo mudaria tudo. Ela percebeu que se relacionar de forma personalizada faz toda a diferença.

DINHEIRO - Falemos agora do mercado de luxo. A que se deve as vendas de marcas como Hermès, Mini Cooper e de outras grifes estarem além das previsões?


FERREIRINHA - Seria ingênuo da nossa parte achar que isso é uma ação isolada. Não é. O Brasil vive um momento importante economicamente, de inclusão social, de crescimento de riqueza. Se estivéssemos com a autoestima lá embaixo ou ferrados com a inflação, isso certamente não estaria acontecendo. Vivemos, acima de tudo, um momento de prosperidade e não é apenas econômica, é também uma prosperidade psicológica. O brasileiro virou novamente fã do Brasil. Isso é um lado importante. Sou muito pragmático nisso. As pessoas dizem que há um boom no mercado. Não há um boom de luxo no Brasil, o que há é uma demanda reprimida de movimentos atrasados. Eu brinco que as pessoas estão transformando o bom em boom. Pegue os maiores grupos do mundo em gestão de luxo e veja quantas lojas cada um tem. Que marcas o LVMH tem no Brasil? Louis Vuitton e Dior. A-ca-bou, a-ca-bou! O grupo que tem quase 40 mil funcionários no mundo e portffólio de 60 marcas tem poucas lojas aqui. Boom é o que viveu o Leste Europeu até o ano passado, é o que vive a China mesmo com a crise. A Louis Vuitton tem dezenas de lojas na China e tem só cinco no Brasil. Se existisse boom aqui, ela estaria abrindo mais 20 lojas.

DINHEIRO - Mas a Hermès, que acabou de ser inaugurada, está vendendo, bem acima das previsões, bolsas que custam mais de R$ 20 mil...


FERREIRINHA - A Hermès está vendendo muito bem? Tem que vender. Eu falo para o Richard [Richard Barczinski, diretor da Hermès no Brasil]:  "Tem que ser burro para fazer a Hermès dar errado." Em qualquer lugar do mundo, a Hermès é um sucesso. Ela abre no Brasil numa cultura brasileira de consumo aspiracional, desse indivíduo que está disposto a comprar avião, helicóptero, lanchas extraordinárias. Você acha que esse indivíduo não vai comprar uma bolsa? Esse cara, que paga US$ 5 milhões num helicóptero, não se incomoda de pagar R$ 25 mil numa bolsa. A Hermès está para abrir no Brasil há 15 anos e não vai vender da mesma forma como agora porque não é real. Se fosse real, ela teria feito planejamento para ter dez pontos no País.

DINHEIRO - Na sua opinião, quais são as principais deficiências do mercado brasileiro?


FERREIRINHA - O custo Brasil é muito alto, o produto chega aqui num preço irreal e a capilaridade disso fica comprometida. Às vezes, você tem o consumidor, mas não tem o ponto de venda. Você quer abrir uma Vuitton ou uma Hermès, em Pernambuco, mas não tem um shopping que possa abraçar essa marca. Não tem linguagem de comportamento, de lidar com um investidor ou um operador como esse que demanda coisas diferenciadas. O grupo Multiplan [dono do Barra Shopping, do Morumbi Shopping, do BH Shopping], por exemplo, é o melhor operador do Brasil, mas não consegue lidar com marcas premium. O Multiplan ainda tem todos os operadores numa grande cesta. É preciso entender que algumas marcas exigem e demandam tratamentos diferentes.

DINHEIRO - Isso quer dizer privilégios?


FERREIRINHA - Não digo privilégios, mas condições diferenciadas. Quando você coloca uma Salvatore Ferragamo dentro do seu shopping, você imediatamente atrai algumas empresas que querem estar dentro do seu shopping porque você tem até Ferragamo. Essas grifes entregam tráfego, tíquete médio diferenciado, consumidor diferenciado. É uma contrapartida muito alta.

DINHEIRO - Quais são as características do consumidor brasileiro?


FERREIRINHA - É impulsivo. Não sabe lidar com renda discricionária, ele gasta no cartão de
crédito o que não pode. Paga o mínimo do cartão dois anos depois que fez a compra. Estoura o limite do cheque especial, liga para o gerente e pede para estender o crédito. Temos que considerar também que o brasileiro não entende que uma bolsa custa R$ 10 mil. Culturalmente, na cabeça daquele indivíduo, aquela bolsa custa dez prestações de R$ 1 mil. O brasileiro tem um viés de consumo americano, mas gosta de achar que é europeu. O brasileiro não admite que o produto que está nas vitrines de Paris não esteja aqui. Os outros países da América Latina trabalham com coleções passadas. O Brasil, esse país megatropical, compra a coleção de inverno em pleno verão porque é a que está sendo vendida lá fora. O brasileiro é novidadeiro.

DINHEIRO - O brasileiro compra o rótulo ou o produto?


FERREIRINHA - Ainda compra a marca. Mas estamos numa primeira fase de educação. Há 17 anos, o brasileiro via no Lada, um carro da Rússia, de neve, cafona, medonho, o modelo mais incrível que existia. Assim éramos nós há 17 anos. Hoje, gostamos de Mini Cooper, de smart, de Vuitton, de Hermès.

DINHEIRO - Mas ao mesmo tempo que compra esses produtos, o brasileiro tem vergonha de dizer que ganhou dinheiro. O que acontece?


FERREIRINHA - Acho que é um problema de autoestima. Nossa colonização foi exploratória. É intrínseco no Brasil ter a observação de que, quando o outro está se dando bem, é porque ele roubou ou sacaneou alguém. O Brasil também sempre foi uma das maiores sociedades católicas do mundo, tem a questão da culpa, do pecado, do dinheiro maculado. Por isso que eu acho que o Eike Batista é uma figura que tem uma função mercadológica brutal porque ele tem coragem de dizer o que ele fez, o que conquistou, o que comprou. Isso é fundamental numa educação de longo prazo.

7 de nov de 2009

Palestra com Paulo Henrique Amorim

Acabei de assistir a palestra do Paulo H. Amorim, o que mais me chamou a atenção é que falar e entender de economia pode ser mais tranquilo do que se imagina, e o recado que eu guardei é que estamos cada vez mais estáveis e previsíveis (e isso é bom), com um crescimento sólido da classe média como nunca tivemos e o mundo também esta enxergando, não um pais de futuro e sim um pais real com uma moeda forte (fugi do trocadilho).

Seu recado final:
"Nos vamos incomodar muita gente"

Sai empolgado com otimismo dele com relação ao nosso pais.

Um abraço

Denis

BlackBerry®

5 de nov de 2009

Você pensa no futuro da sua empresa ou nos problemas do dia a dia?

Tanto na palestra do Duailibi, como agora que estou assistindo o Seragini, uma coisa ficou clara, as empresas focam e resolver problemas e poucas focam na inovação no futuro.

Fica a pergunta: quanto tempo vc dedica para pensar em inovação e contrapartida de resolver problema?

É de graça colocar as pessoas da sua empresa e vc mesmo para pensar, ou melhor já esta pago rs.

Um abraço

Denis

BlackBerry®

Palestra do Duailibi na convencao da ABF

Acabou agora pouco a palestra do D. Da DPZ aqui na convencao da abf, queria indicar para vcs acessar http://www.criatividade-marketing.com.br/
e conhecer a ferramenta que ele disponibiliza para ajudar o dia a dia não apenas da equipe de marketing mas de toda a gestao da empresa


Um abraço

Denis

BlackBerry®

4 de nov de 2009

Post do dia 22/10

Ahhh a foto que publiquei do Post de 22/10 é da arvore de São Paulo sendo montada.

Interatividade e personalização na Loja Hersey´s em NY



Novamente direto do Blog do Mkt Americano:
Esta tela touchscreen na loja de chocolate da Hershey's, em New York, permite que você tire uma foto e personalize o papel que irá cobrir o chocolate, colocando sua foto no meio da embalagem. A personalização custa 9.95 dólares e demora só alguns minutos para ficar pronta.

[DENIS] já está mais do que na hora de alguma rede apostar nestes diferenciais, imagine se isso não atrairia gente para a loja, no caso de franquia, aposto que tem franqueado que toparia ser "cobaia" para a rede.

Começa Hoje a convenção da ABF



A partir de hoje quarta dia 04, começa a convenção de franqueadores de 2009.

Estarei por lá e em tendo algo interessante trarei para o Blog.

No minimo vale a troca de experiências entre os participantes.

22 de out de 2009

Acontece em SP

Ontem estava a caminho de uma reunião, passando em frente ao parque ibirapuera e como em geral acontece uma montagem, ainda não sei do que se trata vou descobrir, me chamou a atencao, a foto é de celular, mas vale o registro. Juro que quando olhei demorei a ver o que era rs.

Um abraço

Denis

BlackBerry®

21 de out de 2009

Grande História

Este video foi enviado pelo Helcio, nosso cliente.

Vejam "O Poder de uma boa história"

15 de out de 2009

Midia Social O que vc está perdendo!!!

Acabamos de colocar o nosso site no ar http://www.md.com.br/ e ele reflete bem a nossa nova área dentro da MD, é a MD webtrends. O uso da Internet a favor da empresa, junto com nosso site, nasce nosso FaceBook, nosso twitter, nosso flicker, nosso slideshare, nosso, canal no Youtube, e ainda nasce uma equipe que respira o mundo digital e principalmente as mídias sociais. Vamos oferecer aos nossos clientes na MD uma aproximação a este mundo que cresce absurdamente.

Sugiro que todos assistam a este video que encontrei, advinha onde ?

11 de out de 2009

Rio, estou com motivos de sobra para amar está cidade

Todos de olho nas olimpiádas, na cidade maravilhosa, vou ficar de olho nas ações de marketing para redes ou não e nada melhor do que começar com este video, desta que já me sobram motivos para amar...

Vá se acostumando.... Ralph Lauren customiza seus produtos

Cada vez mais as pessoas vão poder customizar seus produtos. Aqui no Brasil vale a pena conhecer a loja da Nike que fica na Vila Madalena.

Veja o que a Ralph Loren está fazendo lá fora, direto do Blog da Delyse

Ralph Lauren customiza seus produtos
Ralph Lauren permite que seus clientes personalizem suas roupas.
 



Na tentativa de alcançar um número maior de clientes e causar uma sensação de exclusividade, a Ralph Lauren entra no campo da "customização de massa". Por um período de apenas uma semana, a empresa está customizando cores e monogramas em suas roupas para todos os clientes dos EUA, Japão, Reino Unido e França, e sem nenhum custo adicional.

30 de set de 2009

No carro

Acabei de ouvir o jingle que criamos para a campanha da Invel na radio cbn, ainda hoje depois de mais de 15 anos trabalhando com propaganda ainda fico orgulhoso quando vejo todo o esforço que é criar uma campanha ir para o ar.

Visite www.youtube.com/mdnaweb e veja o filme da campanha. Chegando na agência vou colocar o jingle aqui para quem quiser ouvir.

Um abraço

Denis

BlackBerry®

22 de set de 2009

Integração MD e Franchise Store





Hoje fizemos um café da manha de integração entre as equipes da MD e da Franchise Store. Cujo foco era apresentar as equipe, os projetos de cada empresa e o que podemos fazer juntos.

15 de set de 2009

VICTORIA'S SECRET CHEGA NO BRASIL POR CUMBICA ?


Há alguns dias publiquei aqui no Blog que a Griffe Victoria´s Secrets havia aberto uma loja no aeroporto de cumbica.
Bom fui viajar para fora do Pais esta semana e claro fui procurar a loja, na ida me disseram que a loja fica no desembarque, na volta a informação é que não há loja e que existem algumas peças no embarque, o que eu não encontrei, claro!!!. Incrivel é que não apenas eu mas vários portais e blog´s deram a noticia
http://www.sistemaodia.com/blogs/victorias-secret-no-brasil-53397.html
http://www.valoronline.com.br/?impresso/empresas/95/5784889/1/victorias-secret-chega-por-cumbica
http://www.dasmariasblog.com/post/2029/victorias-secret-chega-ao-brasil
http://odiariomaringa.com.br/noticia/225079
http://netmarinha.uol.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=19595:-victorias-secret-testa-o-brasil-com-loja-em-cumbica&catid=15:outras&Itemid=7

Alguem sabe me dizer cadê a loja de 80 mts ?

14 de set de 2009

Show no Bourbon dia 01/10 eu indico

Meu amigo e músico Marinho (que nas horas vagas é diretor da Chillibeans rs) vai tocar no Bourbon Street, já ouvi a banda dele tocar algumas vezes, alem de ter um cd no meu carro, recomendo que vocês conhecam, segue convite abaixo. Fazem um som de primeira!!!

10 de set de 2009

Como está o mercado de franquias ?

Há muito tempo eu venho cutucando a ABF para trazer mais números do setor, uma acompanhamento mais próximo do mercado de franquias. Algo mais freqüente, mas de qualquer forma saiu agora uma pesquisa que vale a pena ser conferida.

Segue um pouco dos números que foram divulgados. Pela ABF, em parceria com o Provar – Programa de Administração de Varejo, da Fundação Instituto de Administração (FIA).

SETOR DE FRANQUIAS SINALIZA CONFIANÇA NO MERCADO NACIONAL
A pesquisa avaliou os resultados a partir de uma amostra de 50 redes de franquias.


Um dado importante apontado pela pesquisa é que a crise financeira mundial trouxe um impacto positivo nos investimentos das redes de franchising. A expectativa é que as empresas participantes apresentem, no terceiro trimestre, um aumento de 8,1% em relação ao investimento planejado anteriormente. Para o quarto trimestre espera-se um aumento de 9,9% no investimento planejado.

Tendência de crescimento no número total de lojas

Nesta edição, 10.007 lojas estão representadas, das quais 88,3% correspondem a unidades franqueadas. A pesquisa aponta, ainda, que na composição da amostra a participação das lojas próprias diverge entre os segmentos, sendo mais elevada para Limpeza e conservação com 67%; fotografia, gráficas e sinalização com 50%; e serviços automotivos com 44%. A média dos setores inclusos em “demais segmentos” é de 97% de lojas franqueadas.

Na amostra, as empresas dos segmentos de cosméticos e perfumaria, alimentação e negócios, serviços e conveniência se destacam com o maior número de lojas com 27%, 22% e 16%, respectivamente, representando 65% do total de lojas analisadas.

No segundo trimestre deste ano, o crescimento de lojas próprias foi de 5,6%. Para o terceiro trimestre a expectativa de expansão é um pouco mais baixa, girando em torno de 4,5%. Já as lojas franqueadas têm mantido crescimento ao longo do ano, com aumento de 4,2% no segundo trimestre e expectativa de 6% para o terceiro.

O crescimento esperado do número total de lojas para o terceiro trimestre é de 5,8% contra 4,4% do trimestre anterior.

Expectativa de aumento no faturamento

No que diz respeito ao faturamento, a amostra revela que comparando o primeiro trimestre de 2009 com o de 2008 houve um crescimento de 17,7%. No segundo trimestre deste ano, também, foi detectada uma alta de 12,7% sobre o mesmo período do ano passado. E para o terceiro trimestre, a projeção é de um crescimento de 14,8% em relação ao mesmo trimestre de 2008.

Quando analisado o faturamento acumulado de janeiro a junho de 2009 verifica-se alta de 20,9% sobre o mesmo período de 2008. A previsão é que de janeiro a setembro deste ano, o aumento do faturamento seja de 24,6% em relação ao mesmo período de 2008.

Desempenho do segmento de alimentação

Para o período em análise foi possível a consolidação dos resultados para o segmento de alimentação, que nesta edição contou com 19 empresas.

Nesse segmento, a expectativa de crescimento para o terceiro trimestre no número de lojas próprias é de 0,8%, enquanto no segundo trimestre a variação foi de 2,1%. Em contrapartida, a previsão em relação ao crescimento de lojas franqueadas é de 6,8%, ao passo que no trimestre passado a variação foi menor, com apenas 2,2%. No total, a expectativa de crescimento do número de lojas do setor de Alimentação para o terceiro trimestre é de 5,1%, contra 2,2% do trimestre anterior.

Com relação ao faturamento, no comparativo trimestre a trimestre, o período compreendido entre abril e junho deste ano apresentou crescimento de 4,9% em relação ao mesmo período de 2008. Mas, para o terceiro trimestre deste ano a expectativa é de um faturamento 3,7% menor do que o do mesmo período do ano passado.

Em 2008, o faturamento do terceiro trimestre foi 9,6% maior que o do segundo. Já em 2009, a expectativa para o terceiro trimestre é de um faturamento apenas 0,6% maior, que o do segundo.

As redes de alimentação tiveram uma variação de 4,4% em relação ao investimento planejado no segundo trimestre deste ano, mas também esperam aumento no investimento planejado para os dois últimos trimestres do ano, apesar de serem menos expressivos, ficando em torno de 1,6% e 1,8% respectivamente.

Desempenho das empresas que comercializam bens

As 30 empresas que fazem parte dos segmentos de acessórios pessoais e calçados; alimentação; bebidas, cafés, doces e salgados; beleza, saúde e produtos naturais; cosméticos e perfumaria; móveis, decoração e presentes; e Vestuário foram agregadas no conjunto das franquias que comercializam bens.

Para o terceiro trimestre deste ano, essas empresas esperam aumentar em 1,2% o seu número de lojas próprias. Enquanto, que no segundo trimestre essa variação foi de 2,8%. Já para unidades franqueadas, a variação no segundo trimestre de 2009, foi de 2,6% e o aumento esperado para o terceiro trimestre é de 4,7%. Para esse grupo de empresas, a expectativa de aumento no número total de lojas é de 4,3% para o período de julho a setembro deste ano.

Quanto ao faturamento das empresas de bens, no segundo trimestre de 2009 houve um crescimento de 15,9% em relação ao segundo trimestre de 2008. A projeção para o terceiro trimestre do ano é de crescimento de 11,7% sobre o mesmo período de 2008.

Em 2008, o faturamento do terceiro trimestre cresceu 1,8% em relação ao segundo. Neste ano, a expectativa é de uma redução de 1,9% no terceiro trimestre sobre o segundo.

O efeito da atual crise financeira mundial fez com que os investimentos planejados, desse grupo de empresas, para o terceiro trimestre, aumentassem em 9,5% e a projeção é que no quarto trimestre continue em alta, em torno de 11,1%.

Desempenho das empresas prestadoras de serviços

Nesta edição participaram 20 empresas prestadoras de serviços que fazem parte dos seguintes segmentos: construção e imobiliárias; educação e treinamento; escolas de idiomas; fotografia, gráficas e sinalização; hotelaria e turismo; limpeza e conservação; negócios, serviços e conveniência; e serviços automotivos.

Essas franquias apresentaram uma variação de 11,8% no número de lojas próprias no segundo trimestre deste ano e a projeção de crescimento para o terceiro trimestre é de 11,1%. Quanto às lojas franqueadas, a variação no período de abril a junho de 2009 foi de 7,3% e a expectativa de crescimento entre julho e setembro no número de novas lojas é de 8,2%. Para as franquias do setor de serviços a expectativa de crescimento no número total de lojas é de 8,5%, para o terceiro trimestre deste ano.

O faturamento das empresas prestadoras de serviços no segundo trimestre de 2009 foi 16,7% maior que o do mesmo período de 2008. A expectativa dessas empresas para o terceiro trimestre deste ano é de crescimento de 17,8% no faturamento em relação ao mesmo período do ano passado. Já a expectativa de crescimento para o terceiro trimestre deste ano em relação ao segundo é de 13,7%.

As empresas desse grupo, preveem que em função da atual crise financeira os investimentos projetados para o terceiro trimestre deste ano terão aumento de 3,66% em média. A projeção para o próximo trimestre é de aumento de 5,83%


Em breve você poderá encontrar mais detalhes da pesquisa no site da ABF.

4 de set de 2009

Franchise Store lança novo Serviço

É sempre gratificando quando podemos participar do processo de criação não apenas da divulgação de um produto ou serviço, mas no nascer dele, cuidando desde o nome até a forma que será apresentando ao mercado, foi assim com o F.A.Z. - Franquia de A a Z que a Franchise Store, nosso cliente acabou de lançar. E o nome não poderia ser outro, o investidor realmente mais conhecer detalhes sobre franquia antes de começar o negócio, ou melhor até mesmo saber se deve ou não e qual a melhor opção para o perfil dele.

Acabou de sair no Blog da Franchise Store:

Conheça o FAZ -Franquia de A a Z. Um serviço diferenciado de assessoria a qualquer investidor que pense em abrir uma franquia, mas esteja na dúvida a respeito de em qual franquia investir… e até mesmo se franquia é a melhor alternativa para seu bolso e seu perfil.

O objetivo é disponibilizar a candidatos ao próprio negócio toda uma gama de informações e ajudá-los a avaliar as alternativas disponíveis, de modo a reduzir ao mínimo possível os riscos de um novo negócio. Saiba mais…

28 de ago de 2009

VICTORIA'S SECRET CHEGA NO BRASIL POR CUMBICA


Saiu no Valor On Line do dia 27/08/2009

Sem alarde, a grife americana, que usa "tops" brasileiras, abriu uma loja própria de 80 m²no aeroporto de Cumbica

A grife americana Victoria's Secret, que usa "topmodels" brasileiras em seus provocantes desfiles de lingeries, chegou ao Brasil. Sem alarde, abriu uma loja própria de 80 metros quadrados no aeroporto de Cumbica, em junho. Atéentão, a marca vendia cosméticos e perfumes no DutyFreedo aeroporto internacional.

O sucesso da marca entre as consumidoras brasileiras tem sido tão acima das expectativas que a Victoria's Secret elegeu o Brasil para abrir a primeira unidade fora dos Estados Unidos no conceito de "travelretail" (varejo de viagem). Mais cinco lojas nesse formato serão abertas pela rede em aeroportos de Nova York, Buenos Aires, Dubai, Cidade do México e Barbados. Em 2008, as vendas líquidas da Victoria's Secrettotalizaram US$ 5,6 bilhões em 41 países.

27 de ago de 2009

Você quer conhecer as melhores franquias de educação ?

Semana que vem acontece na Franchise Store a semana da Comunicação, vejam post abaixo do Blog da Franchise Store .
A Franchise Store promove a Semana da Educação, entre os dias 31 de agosto a 4 de setembro, em São Paulo. Esta semana é dedicada a oferecer atendimento especial aos interessados em abrir um negócio neste segmento.

No dia 01 de setembro, terça-feira, faremos na Franchise Store um coffee-break, às 9h, com Filomena Garcia, sócia-diretora da Franchise Store, que fará uma palestra sobre o setor de franquias e apresentará dados e tendências do segmento de educação. Além disso, os presentes conhecerão melhor as marcas: Microlins, Number One, Alps, Wizard, People Computação, Skill e CNA e poderão fazer um teste gratuito para descobrir quais são as suas áreas de maior afinidade no segmento de franchising.

Confirme já sua participação, as vagas são limitadas!

Para agendar dia e horário das visitas para a Semana da Educação basta ligar para (11) 3729-2093 e confirmar presença com Christiano Evers ou enviar email para franchisestore@franchisestore.com.br

22 de ago de 2009

Franchising University tem vagas esgotadas 51

Esse Post veio diretamente do Blog do Marcelo Cherto.
E tenho muito orgulho de ter feito o curso e hoje ser um dos instrutures deste curso. Cujo o tema esta diretamente ligado ao que fazemos aqui na MD, "cuidar" do fundo de propaganda do franqueador.

Segue o Post na integra:

Franchising University tem vagas esgotadas
Nos dias 24 a 28 deste mês, acontecem em São Paulo as aulas da 51ª Turma (uma Boa Idéia!) da Franchising University (a cargo da divisão de Educação Corporativa da GrowBiz), o mais completo curso do Brasil para quem pretende conceder franquias. As vagas estão esgotadas há alguns dias e já tem gente se inscrevendo na Turma 52, que só deverá acontecer no início do ano que vem.

E pensar que, quando criamos esse curso, em 1993, tínhamos dúvidas se ele conseguiria chegar até a 10ª Turma. É bem verdade que tudo nele vem sendo alterado e aprimorado a cada Turma. O curso, tal como é hoje, tem muito pouco a ver com o original.

Aliás, toda vez que você vê uma empresa, um produto ou um serviço que já dura mais de 10 anos, pode estar certo de que o mesmo foi extinto e reinventado várias vezes desde que nasceu.
O segredo do sucesso que dura algum tempo está na capacidade de se reinventar continuamente, sempre de olho nos interesses, anseios, necessidades e inquietações (reais ou percebidos) do seu público-alvo.

20 de ago de 2009

Mac McDonald’s oferecerá academia em nova unidade em SP

Essa veio de nossa ex-colaboradora e amiga, Karla.


Ronald Gym será inaugurada em setembro em Sorocaba
Os consumidores do McDonald’s não precisam mais se preocupar com os quilos a mais que ganham após as refeições na rede de fast food. Chega ao Brasil o novo conceito Ronald Gym de restaurante que oferece uma academia junto à área de alimentação.
A novidade deverá ser inaugurada em setembro, em Sorocaba, e o Brasil será o terceiro país da América Latina - depois de México e Argentina – que terá a unidade conceitual. O Ronald Gym é destinado a crianças e adolescentes, de 3 a 14 anos, e oferece quadra de minibasquete, parede de escalada, pebolim eletrônico e bicicletas ergométricas com monitor LCD com jogos.
O projeto inclui cuidados com acessibilidade e para isso a unidade terá piso tátil, rampas, mesas no térreo e balcão adaptado para portadores de necessidades especiais. A estrutura do Ronald Gym será de vidro para captar a luz natural e iluminar a loja durante o dia. As imagens foi registrada na unidade Ronald Gym da Argentina.
Meu comentário: Estratégia de marketing interessante que acompanha tendencia da preocupação da população com o excesso de peso dos pequenos.

MD Crescendo

Pessoal a MD está crescendo, no meio da crise, no meio de insegurança política, mo meio de muita gente boa... graças a muito trabalho, dedicação e a muita indicação (praticamente todos os nossos clientes vieram de indicação de outros clientes ou de parceiros), a MD esta em franca expansão.

Esta semana saiu nos principais veículos da nossa área o crescimento da nossa equipe e o melhor já saiu defasado, na foto estão:

Mariana Cássia Costa, estagiária de atendimento; Juliana Nouer Accurso, assistente de Atendimento (ex- Destaque Propaganda); Claudia Tambelini, gestora de planejamento (ex- supervisora de atendimento Lew’Lara); Flávia Tchernobilsky, diretora de arte (ex- Biocomm); Marina Terassi, gestora de produção (ex-TGI Mkt e Propaganda); Daniel Jankops Grandolfo, gestor de criação (ex Higa); e Mariana Gallego, redatora (ex-Átomo).

E esta semana ainda chegaram: a diretora de arte Fernanda Carolina Berdú Cintra, que trabalhou na Botelho Comunicação; a supervisora de atendimento Samantha Mariotto, ex-Eugênio, o assistente de atendimento Daniel Henrique Fernandes, ex Simgroup, a assistente de mídia Bianca Iria Imparato, ex Ábaco Impacler, e o estagiário Rafael Bruno, ex Triefe.
A MD – é a primeira agência especializada em franquias e redes - é responsável pelas contas Farmais, Vanilla Caffè, Uniorto, Expor Manequins, Invel®, Bon Grillê, Invel, Franchising Store e Andarella.
Bem vindos e vamos correr, pois não podemos ficar parados. Ahhh como não podemos...

Meu post 100

Esse é o meu post número 100, vou dizer que é muito, mas muito mais dificil do que pensei ter um blog, e ainda me considero um aprendiz como blogueiro, mas curti chegar nesta marca e espero chegar a 1000 rapidinho.

17 de ago de 2009

Mc Donald´s em espanhol dentro dos EUA

Entendendo o consumidor mesmo que ele não fale a sua lingua:
O McDonald's lançou sua 1a. campanha móvel voltado para o mercado hispânico dentro dos EUA. A princípio é somente para quem mora em NY apenas esse mês (agosto).
A campanha objetiva a aproximação e identificação dos latinos e ainda, tentar trazer esse público, que não para de crescer dentro dos EUA, para dentro de seus restaurantes através de 10 milhões de amostras grátis do “Iced Mocha McCafé” e do “Hot McCafé Mocha”, que está sendo oferecido através do cadastramento do número do celular no site da promoção e distribuidos nas lojas somente nas segundas.

13 de ago de 2009

Eu não aguento...

Como já contei para vocês, ganhamos duas novas contas neste trimestre na MD, o Bon Grillê e a Invel, ainda não posso falar o que, mas em breve teremos novidades sobre estes dois clientes.

Principalmente do Bon Grillê, que em breve terá novidades para seus clientes que vão deixá-los ainda mais apaixonados por Grelhados, afinal o Bon Grillê como pioneiro em grelhados FastFood, não pode deixar de trazer novidades.

Prometo contar aqui primeiro.

Um abraço

Denis

Coluna na Pequena Empresas - Marcelo Cherto


Neste mês o meu Sócio na agência, Marcelo Cherto estreia sua coluna na Revista Pequenas Empresas.

Nela ele traz os pontos altos do bate papo que ele teve com Chris Hughes, fundador do Facebook. Clique aqui para acessar a coluna.

Vale a pena ler, ou melhor acompanhar.

Um abraço

Denis

6 de ago de 2009

Parabéns Kanji Sushi Lounge. Bom atendimento, eu nem acreditava mais...


Ultimamente só tenho tido problemas com atendimento, seja com a Gol e a Tam, seja com a TIM e esta semana foi com as lojas americanas.com (este caso até merecia um post exclusivo, mas vou me limitar a dizer: EVITEM COMPRAR NA AMERICANAS.COM), um absurdo como os serviços e o atendimento só piora.

As pessoas não fazem o mínimo, isso mesmo, o mínimo esforço para entender o seu problema (que geralmente é causado pela empresa), e te tratam como se não ligassem se você compra ou não o seu produto.

Bom hoje, por incrível que pareça fui surpreendido por um excelente atendimento, e por um problema causado por mim e não pela empresa. E fiquei impressionado de como desacostumamos a sermos bem atendidos que fiquei até certo ponto perplexo rs.

Bom deixa eu contar:

Marquei um almoço de negócios hoje no restaurante Kanji Sushi Lounge, cheguei para o almoço e como estava com fome já adiantei um Temaki até que os outros convidados chegassem, após um período, resolvi ligar para saber onde estavam todos, e então descobri que havia ocorrido um desencontro de informações e o almoço não era hoje, chamei o garçom e pedi que cancelasse o rodízio, pois queria correr para a agência para aproveitar o tempo ganho (ai essa vida), bom para minha surpresa o garçom chamou o gerente e aí eu já pensei, vou me chatear... E então existe vida inteligente sim no atendimento... juro... olha a minha surpresa... na hora o gerente falou que não iria cobrar nada, nem pelo refrigerante e nem pelo Temaki, e eu perplexo, até assustado, fiz questão de pagar e ele não deixou, incrível, disse para mim voltar outro dia e que entendia como era chato esta situação (ELE SE COLOCOU NO MEU LUGAR!!!), bom sai e fui pedir o carro no Vallet e quando já ia me preparar para pagar o Vallet, o rapaz logo falou, o Sr já vai ? e eu contei o ocorrido. Não é que ele chamou o gerente, contra a minha vontade e não cobraram o Vallet tambem?!?!?

Bom podem ter certeza que vou voltar lá muitas outras vezes e logo que cheguei aqui na agência já comentei com algumas pessoas da equipe que já querem conhecer este local de outro mundo.

Parabéns Kanji e a a sua equipe que falhei em não pegar os nomes.

ahh quase que esqueço o Temaki, estava maravilhoso e aqui na agência já teve gente que foi lá e falou que a comida é ótima, ou seja, estão no caminho certo, assim que voltar lá (e será em breve) eu conto o que achei da comida.

Ainda não são franquia...

3 de ago de 2009

A KFC está de volta em SP


Recebi da Karla que trabalha aqui na MD foto da nova loja do KFC.

Esta loja fica em mais um novo Shopping em São Paulo do estado de São Paulo - União Osasco http://www.shoppinguniao.com.br/

Será que agora vai ? Espero e torço para que sim.

29 de jul de 2009

Mundo da Publicidade


Esta no ar no Jovem Pan On line, que recomendo a quem quer conhecer mais sobre o mundo da publicidade, a entrevista que dei hoje para o Décio Clemente.


Para assistir, basta clicar aqui ou sobre a imagem

24 de jul de 2009

39 mil pessoas em 4 dias de feira

Mais de 39 mil pessoas visitaram a feira em 4 dias de evento. Mais um recorde da feira, minha dúvida é:
A feira é o principal meio de vender/comprar franquias ?

21 de jul de 2009

Burguer King do "avesso"

Essa que me mandou foi a Mary "Antenada", nossa redatora e muito mais aqui da Agência.

Burger King patrocina o avesso da camisa do time espanhol Getafe

O Burger King anunciou hoje que irá patrocionar o Clube espanhol Getafe, onde estampará a sua marca na frente da camiseta e no avesso o rosto do King, personagem da cadeia de sanduíches, para quando o jogador marcar um gol e esconder o rosto, a marca ainda seja referência. A camisa tem até manual de instruções:
Ótima adaptação da ideia, tornando-se uma forma de patrocínio diferenciada sem poluir visualmente a camisa.

14 de jul de 2009

Janaina Favato - Showcolate

Ola Denis,
Foi minha primeira feira. Percebo que os candidatos estão enxergando franquia como um bom negócio, achei a feira bem organizada e estou certa que tivemos oportunidade de mostrar os diferenciais de nossos negócios.

Janaina Favato
Gerente de Marketing
Planet Chokolate e Showcolate

13 de jul de 2009

Vestir ou tirar a camisa da empresa ?

A Sandra que trabalha aqui na MD, me passou este video da materia do Fantastico, já estão todos avisados para o caso de entrarmos em crise...

Peladão na agência.

A Globo.com tirou o video do ar, vou procurar para postar novamente.
Atualizado 29.07.09

"O poder de uma Marca" ou ainda "Como nasce um novo produto no McDonald’s"



Colocando as leituras em dia, li um texto no Mundo do marketing, cujo título é o mesmo que esta aqui, no meu "Como nasce um novo produto no McDonald´s" e o que me chamou mais a atenção, nem foi o criterioso criterio (aí) que o Mc adota (dois anos de pesquisa, mais de mil consumidores ouvidos...) e sim o peso que a força da Marca Del Valle que norteou a troca da MinuteMaid, ou seja, até para uma empresa que tem uma marca espetacular na cabeça dos consumidores pesou ter uma outro que tivessem os valores e beneficios reconhecidos pelos seus clientes.

Não é a toa que o Mc é o Mc.

Segue aqui abaixo a reprodução do texto que citei.

Como nasce um novo produto no McDonald’s
Por Bruno Mello, do Mundo do Marketing.


O McDonald’s passou a oferecer em seu cardápio os sucos Del Valle a partir deste mês. Por trás desta mudança está uma grande pesquisa e o desenvolvimento de uma linha de produtos exclusivos para a rede que levou dois anos para ser concluída e ouviu cerca de dois mil consumidores. O grande desafio do McDonald’s foi tornar um produto bom, melhor ainda.

Até então, o McDonald’s vendia os sucos MinuteMaid, marca da Coca-Cola assim como Del Valle. E vendia bem. Os sucos representam 26% das bebidas comercializadas na rede e este percentual é visto como excelente pela empresa. O grande problema era que a marca MinuteMaid não tinha o menor apelo junto ao consumidor. Ao contrário de Del Valle.

Na pesquisa feita com três tipos de consumidores diferentes determinado pela companhia – mães e crianças, "jovens adultos" e adultos – Del Valle apareceu como primeira na mente dos consumidores tanto em marca quanto em qualidade dos produtos. Foi o pontapé para a mudança. Mais que isso: para o nascimento de uma nova linha de produto. Durante 24 meses, McDonald’s e Del Valle trabalharam juntos para chegar a sucos cujas fórmulas são exclusivas.

Avaliação qualitativa
Primeiro as empresas fizeram um levantamento do mercado de sucos e viram que o brasileiro tem a cultura de consumir em casa e na rua. Depois, a pesquisa envolveu consumidores e não consumidores. Para além dos números, McDonald’s e Del Valle analisaram questões qualitativas. Avaliaram sabor, textura, consistência, teor de açúcar, frequência de consumo, momento de consumo, marcas mais relevantes e que tipos de sucos estão consumindo, se era suco pronto ou feito na hora.

A partir do perfil de consumo percebido, foram feitas discussões em grupo com consumidores que representavam os targets desejados para definir qual seria a formulação que mais agradava a maioria dos perfis. “O foco principal da pesquisa foi agradar a mães e crianças, que são os maiores consumidores. Esse target chega a consumir até 35% de sucos”, aponta Roberto Gnypek, Diretor de Planejamento de Marketing do McDonald’s Brasil, em entrevista ao Mundo do Marketing.

Uma das preocupações das empresas era não perder clientes. O consumidor já tinha uma grande aceitação e poderia haver uma recusa quanto ao novo sabor. Por isso não foi colocado nas máquinas do McDonald’s o mesmo suco Del Valle vendido nos supermercados. Foi desenvolvida uma fórmula específica, exclusiva para o consumidor do McDonald’s. Durante os dois anos de pesquisa foram feitos testes de produtos com DNA Del Valle, mas que se adequasse as características que o consumidor da rede aprecia num suco. “A partir disso temos a certeza de que o nosso consumidor verá a mudança como positiva”, afirma Gnypek.

O que muda
Entre as mudanças, sai de cena o suco de limão, pouco pedido, e entra o de frutas vermelhas, uma mistura de ameixa, maça e morango. Continuam os sabores de maracujá, laranja e uva, agora chamados de Del Valle Uva, Del Valle Laranja, Del Valle Maracujá. Os preços são os mesmos. A aposta é de que quem não é consumidor seja atraído pela marca Del Valle. Há ainda uma grande possibilidade de novos sabores serem incorporados ao cardápio a cada semestre.

“A pesquisa foi feita para entender bem o que consumidor está pedindo e como podemos atendê-lo. Poderíamos ter optado por outra marca de suco, por uma marca própria, mas fomos ao mercado e vimos que o consumidor vê Del Valle como um suco de qualidade. Todos os sucos serão Del Valle. É uma assinatura de qualidade. Toda pesquisa, desenvolvimento e fornecimento está sendo feito em conjunto entre o McDonald’s e a Del Valle”, explica Roberto Gnypek, Diretor de Planejamento de Marketing.

A estratégia de lançamento dos sucos Del Valle para o McDonald’s também é diferente. O foco é na qualidade e na informação da nova marca. Não haverá grandes verbas de comunicação investidas além de anúncios em revistas femininas e em internet. O principal canal de comunicação é o ponto-de-venda. Afinal, são 1,7 milhão de pessoas que passam por dia no McDonald’s.

As metas
O contato com o consumidor neste momento é fundamental. “Ele é impactado no ponto-de-venda e será convidado a experimentar por meio de sugestão dos funcionários na hora da escolha do cardápio. A sugestiva não será tão contundente, mas sim uma sugestão mesmo, uma abordagem bem mais amigável”, ressalta Gnypek. Por hora, não haverá nenhuma promoção, além de um copo especial, mas já há uma ação em planejamento para o fim do ano que ainda está em projeto com foco em mães e crianças.

A ordem agora é dar tempo para que as pessoas reajam ao lançamento. O consumidor médio do McDonald’s compra 2,5 vezes por mês. Dois meses é o tempo de o consumidor experimentar o produto e realmente perceber a mudança. Em poucos dias as vendas continuavam nos mesmos níveis. O aumento de venda deve ser percebido nesta semana.

Segundo o Diretor de Planejamento de Marketing da rede, não há uma meta de aumentar o consumo em curto prazo. “Obviamente o nosso objetivo sempre é vender mais, mas com qualidade. Neste caso, os patamares que temos hoje são tão bons que os nossos objetivos estão muito mais ligados a trazer mais valor para o consumidor. O nosso grande objetivo é agregar qualidade, valor, boa percepção de marca e uma experiência melhor para alimentação do consumidor. Se o projeto for bem sucedido, a venda será conseqüência”, conclui Roberto Gnypek.

10 de jul de 2009

Burguer King e Transformers

Esta semana fui assistir ao filme “Transformers” com meu filho, cada dia mais fico impressionado com a qualidade dos efeitos especiais, fico imaginando se meu filho assistisse ao Ultraseven... , Ultraman... acho que ele ia morrer de rir, e eu adorava.

Bom pegando carona no filme, como sempre fazem eu soube pelo Blog da Delyse que o Burguer King está com uma ação pesada os “Transformers”. A rede de fast food pegou carona com o filme "Transformers: a vingança dos derrotados" e realizou uma super campanha, que inclui TV, hot site, game online, brindes e muitos materiais de PDV.

Alguns materiais de PDV, como os copos por exemplo, vem com uma raspadinha que possibilita ganhar muitos prêmios instantâneos (olha o consumidor tangibilizando a promoção), incluindo o de 1 milhão de dólares. Segundo ela funciona e inclusive ganhou duas tortas e um sanduíche. Cada raspinha dá o direito a participar de um game online e concorrer até a 10mil dólares por dia. A promoção vai até o dia 19 de julho quem estiver passeandor NY...

2 de jul de 2009

José Ventura - Acerte Franquia

Fui como visitante na feira.
Como é um feira especifica para franquia é obvio que temos pessoas interessadas e bem preparadas como nas anteriores.
O que achei foi uma confusão muito grande na entrada eu levei pelo menos 40 minutos para entrar, e já tinha feito cadastro pela internet(para que não sei) se precisava ficar na fila igual a quem estava com o convite.
Pessoal reclamando muito da desorganização para entrar e da dificuldade para estacionar o carro,´pois todos estacionamentos estavam fechados pela lotação.Temos que ter uma atenção muito grande com as facilidades e conforto para pessoas,porque gastamos uma fortuna para levarmos as pessoas na feira e a impressão que fica e que não nos preocupamos com o visitante.

abs

Ventura
Gerente de Expansão

Paulo C. Mauro - Global Franchise Net

Denis,

Eu achei que a feira surpreendeu pela quantidade e qualidade dos candidatos, mostrando que temos uma excelente oportunidade de continuar crescendo, o que é uma vitória no quadro mundial atual. Concordo com vc quanto a candidatos mais bem preparados. Isto facilita em muito as vendas de franquias.

Abs.

GLOBAL FRANCHISE NET
PAULO C. MAURO, PRESIDENT

Comunicação que Resolve!!!! Video passado pelo mano na preleção do jogo hoje


Este video foi passado na preleção antes do jogo de hoje!!!

Mistura marketing, branding, motivação, envolvimento de uma marca, RESULTADO!

Vale e muito a pena assistir !

O Coringão voltou...


Quando todos disseram que a seleção atrapalhou o inter que agora o Corinthians ia pegar o inter (com minúscula mesmo) completo com Nilmar, Kleber, D´alessandro (hahaha), quem roubou a cena foi o outro que não jogou o primeiro jogo, André Santos.
Agora é trazer o outro Ronaldo, o gaucho e buscar a libertadores e mais um mundial para o Ronaldo, o fenômeno... não para não para não para...
Obs.: Estou aguardando a visita de alguns dos participantes do curso Marketing para Franquias que junto com a Filomena ministrei na data de ontem. (rs)

29 de jun de 2009

Luis Felipe - Seletti


Concordo. No nosso caso, como estreantes, foi talvez atípico por ser novidade, mas de forma geral comparando c/ outras feira que fiz pelo Spoleto, achei os candidatos bem mais focados e mais preparados sobre o segmento. E as perguntas de fato eram bem mais profundas e elaboradas sobre DRE, Roi, como é feita a parte de logísitca, alocação da verba do F. Promoção, etc.

Acho também que pelo valor ser sido alto de entrada (R$ 40,00) + R$ 18,00 de estacionamento, acaba dando uma filtrada também.

Luis Felipe

Sergio Freire - Vanilla Caffè e Bon Grillê



Eu acredito que a feira de 2009 se tornou uma espécie de marco em todas as feiras da ABF EXPO, a feira esteve bonita, stands profissionais e bem montados(salvo poucas exceções), além disso hoje os candidatos estão preparados, questionadores e muito mais empreendedores, sabem o que querem, perguntam questões relacionadas ao negócio sem ser mera especulação. O Franchising definitivamente amadureceu!!

Sérgio Freire
Platinan Franquias

Marcelo Cherto - Grow Biz / Cherto

Nos dois dias em que estive na Feira, não apenas observei a presença maciça de candidatos a franqueados mais qualificados do que em anos anteriores, como também uma forte presença de empresários, candidatos e consultores de outros países latino-americanos. Fico a impressão de que a Feira de São Paulo se tornou “a referência” para os interessados em franquias na América Latina.

Marcelo Cherto
Grow Biz / Cherto

28 de jun de 2009

Cecília Gonçalves - Salad Creations

Denis,
Nós achamos a Feira da ABF em 2009, profissional e mais que tudo objetiva, mesmo assim vale ressaltar que o sabado e o perfil de visitante são desnecessarios, 3 dias é o ideal (de quarta a sexta).

Alguns detalhes de credenciamento com certeza precisam discutidos.

Cecília Gonçalves

Salad Creations Brasil - Expansão

26 de jun de 2009

Oscar Ribeiro - Uniorto

Denis, bom dia.

Para mim foi uma surpresa.
Eu não acreditava que encontraria tantos dentistas numa feira “genérica” e como você bem falou, eles já estavam preparados sabiam quais perguntas fazer e o que queriam.

Abs.
Oscar Ribeiro
Uniorto

Marcia Pires - Yazigi

Denis,

Em uma palavra, PULSANTE!!!! Contatos objetivos e mais qualificados, menos passeio e mais trabalho!

Beijo
Marcia Pires

Pra você, como foi a feira ?

Amigos, todo mundo me pergunta o que eu achei da feira de franquia, resolvi perguntar para vcs e vou colocar no blog para que vcs possam saber o que cada um achou da feira.
Em uma frase, o que vc achou da feira este ano ?
Eu achei que ela estava muito objetiva, ou seja me pareceu que as pessoas sabiam o que queriam dentro da feira e iam direto ao que interessava, inclusive sabendo o que e como perguntar. Acho, digo acho, que os candidatos estão mais preparados que em outros anos.
E vc ?

Michael Jackson

Eu esperei a semana toda e assiste ao fantastico inteiro esperando por este clipe.

25 de jun de 2009

MD tá feliz

Acabamos de ganhar duas novas contas este mês

Para nos é motivo de orgulho estar junto com estas duas empresas neste momento.
O Bon Grille vai mudar e em breve vocês vão acompanhar bem de perto e a Invel esta investindo em um novo canal de vendas a franquia Invel.

São dois momentos que nos deixam orgulhosos só de participar e ainda mais poder contribuir com eles só nos enche de tesão para realmente fazer a diferença.

Café via celular

Direto de NY - Delyse Lá na terrinha do tio sam a briga é feia mesmo e escancarada, quando se fala em café então...

A Dunkin Donuts (que já passou por aqui e meu filho é apaixonado) lançou o Dunkin´Run, uma especie de corrida para o café, com hora marcada e tudo. A idéia é lembrar o momento da pausa para o cafezinho, facilitanto assim os pedidos coletivos. A Campanha conta com um site e aplicativo para o celular, neles as pessoas poderão indicar amigos e fazer seus pedidos de forma simples e rápida e depois é só ir buscar em uma loja mais proxima.

28 de mar de 2009

Pelo celular

Cada vez mais a tecnologia muda nossos habitos, resolvi atualizar meu blog tbm via celular, muitas vezes tenho visto e escutado coisas interessantes e, ou esqueço de postar ou simplesmente perco o momento de enviar.

Agora não tenho mais desculpas rs, estou aprendendo a usar esta ferramenta via cel. e vou compartilhar com vcs.

Desde já peço desculapas por eventuais erros de digitacão e ou falta de acentos rsrs

Um abraço

Denis
BlackBerry®

13 de mar de 2009

Franquias não sentem efeitos da crise e crescem mais do que o esperado em 2008

Maduro e capitalizado, o setor busca as oportunidades que surgem nos momentos de turbulência para crescer no Brasil e no exterior

A Associação Brasileira de Franchising (ABF) anuncia o desempenho do setor de franquia no Brasil durante o ano de 2008 e constata que a crise financeira internacional não atrapalhou os planos de crescimento das empresas, tanto no Brasil, como no exterior. Em 2008, o setor faturou R$ 55 bilhões, 19,5% a mais do que em 2007. O número surpreendeu a Associação, que havia previsto um crescimento de 17% para o período.

Para o diretor executivo da ABF, Ricardo Camargo, apesar da crise internacional assustar consumidores de todo o mundo, outros fatores impactam positivamente o setor. “No Brasil, os setores mais afetados com a crise - automobilístico, financeiro e construção civil – não são representativos no mercado de franquia. Além disso, três fatores contribuíram – e muito – para os números no ano passado: aumento dos níveis salariais, aumento da taxa de emprego verificado até outubro e acesso das classes C e D ao consumo”, explica o executivo.
Outro argumento do executivo da ABF é que, historicamente, quando o mercado sofre com demissões, o setor de franquias acaba recebendo muitos novos interessados. “Ao perder o emprego, muitos profissionais optam pelo negócio próprio e, nesse momento, o modelo de franquia leva muitas vantagens”, afirma, ressaltando que, de dezembro para cá, as redes associadas registraram um aumento de 25% no número geral de interessados em adquirir uma franquia.

Para 2009, a expectativa é que o setor continue crescendo. A ABF estima um crescimento de 13%, já considerando o fator crise. “Estamos sendo conservadores, uma vez que as redes estão mantendo seus planos de investimento inalterados para o ano . Outro fator favorável para a expansão das redes é que os pontos comerciais tiveram queda de preço. Para quem deseja iniciar no mercado de franquias, o ponto comercial, na maioria das vezes, é o investimento mais significativo. Com a crise, o preço desses ativos caíram no Brasil e no mundo”, explica Camargo.
No cenário internacional, as franquias brasileiras também estão buscando aproveitar das distorções causadas pela crise. Os ativos estão mais baratos e o câmbio está favorável aos produtos brasileiros. A ABF acredita que a crise pegou o setor capitalizado – os últimos 18 meses foram muito positivos para o setor – e ainda mais maduro. “É hora de aproveitar as lacunas que o mercado oferece”.

No sentido inverso, ou seja, a vinda de redes de franquia para o Brasil, também deve se acentuar daqui para frente, já que o Brasil tornou-se o país mais seguro para novos investimentos, em detrimento da China, Rússia e Índia. “No franchising mundial, o Brasil é visto como referência. Ocupa a quarta posição no ranking e está no comando do principal órgão internacional do setor, o World Franchising Council, o que auxilia muito na criação de uma imagem positiva para o setor”, explica Ricardo Camargo. Números de 2008 De acordo com o levantamento da ABF, no ano passado, o sistema de franchising registrou um faturamento de R$ 55 bilhões, que representou um aumento de 19,5% em relação a 2007. Em 2008, 200 novas empresas adotaram o modelo de franquias como estratégia de crescimento, o que contribuiu muito para o aumento do faturamento do setor e também das unidades franqueadas, que somam quase 72 mil.
Atualmente, operam no Brasil 1379 redes de franquia, responsáveis por aproximadamente 648.000 postos de trabalho diretos e 2.592.000 indiretos. Para o estudo de desempenho do setor, a ABF reúne os franqueadores em 12 segmentos. O levantamento utiliza os dados fornecidos pelas redes associadas (cerca de 600 marcas) mais dados de mercado de todo o ano.

Os segmentos que mais cresceram em 2008 foram Acessórios Pessoais e Calçados (44,8%), Serviços relacionados a Veículos (31,7%), Vestuário (27,2%) e Esporte, Saúde, Beleza e Lazer (25,8%). Apenas um segmento apresentou queda no faturamento: Limpeza e Conservação (-1,4%).

Abaixo confira o desempenho de cada um desses segmentos:
Acessórios Pessoais e Calçados – Foi o segmento que mais cresceu em 2008. Registrou um incremento de 44,8%. Esse índice é resultado da entrada expressiva de novas e grandes redes no sistema como Havaianas (quiosques) e Baloné (marca de acessórios para adolescentes da mesma rede da Morana). O segmento também registrou um crescimento de algumas redes já consagradas como: Arezzo, Carmen Steffens, Chilli Beans, Morana, Via Uno, World Tennis e Dumond.
Alimentação - Sempre em crescimento, registrou um aumento de 20% em seu faturamento, em 2008. O crescimento também tem origem na entrada de novas redes no sistema – Eisenbaum, Frutiquello Sorvetes, KFC, Koni Store e Rochinha. As grandes redes também cresceram como: BOB’S, AMBEV, Cacau Show, Burger King, Spoleto e Subway.
Educação e Treinamento - Setor apresentou crescimento de 3%. Porém, iniciou o ano de 2009 com boas perspectivas de crescimento. Destaque para as novas redes ACP-SAT (preparatório para Concursos Públicos); Estudo Mais, Projeta Cursos e Tutores.
Esporte, Beleza, Saúde e Lazer - Crescimento de 25,8%. Destaque para a entrada de novas redes como Sorridents, Pelé Club, Zero Depilação, WISHAWISHA, IGUI Piscinas e UZ GAMES. Grande crescimento das redes O Boticário, Mahogany, L’Acqua di Fiori, Zástraz Brinquedos.
Fotos, Gráficas e Sinalização - Crescimento de 2,6%. Setor muito pequeno e sem muita variação ano após ano.
Hotelaria e Turismo - Cresceu 11,6% em 2008, registrando crescimento das redes e o incremento de novas marcas como World Study e Intercâmbiocursos.com
Informática e Eletrônicos - Em 2008, o setor cresceu 5,6%. A competição com os grandes supermercados é grande. O setor ganhou duas novas marcas Notebook Century e Hellow Voip.
Limpeza e Conservação - Único segmento que apresentou retração (-1,4%). Diminuição em número de unidades em segmentos voltados para serviços em Limpeza e Conservação. Novas Redes: Loc Lav, Primia, Truck Wash.
Móveis, Decoração, Presentes e Imobiliárias- Crescimento de 7% em 2008 devido ao crescimento do setor imobiliário. Destaque para o ingresso no Brasil da rede americana CENTURY 21 e para as nacionais COLCHÕES ORTOBOM e MMARTAN, que aderiram ao sistema no período. Crescimento das redes tradicionais como Multicoisas, PortoBello Shop e Casa do Construtor.
Negócios, Serviços e Outros Varejos - Crescimento de 21,1%. Número puxado pelo aumento de unidades das seguintes redes AM PM Mini Market, Paraná Crédito, Post Net e pelos entrantes Agecel, cartório Postal, Chopp Brahma Express, entre outros.
Veículos - Crescimento de 31,7%. Vale lembrar que não está incluído nesse volume a venda de automóveis e, sim, serviços de manutenção, limpeza, aluguel, estacionamento, entre outros. Crescimento do faturamento das seguintes redes: Jet Oil, Localiza Rent a Car, Multipark e Oficina Brasil. Redes novas: ABC HIPER (pneus) e DNA SECURITY
Vestuário - Com 20% de crescimento, o setor de vestuário registrou o ingresso de marcas fortes como Tip Top, O Poderoso Timão e Mar Rio. Destaque para redes tradicionais como: Caverna do Dino, Hering Store, Hope, PUC, Puket e Scala.

Fonte: Empreendedor

6 de mar de 2009

Vai hoje a noite para o Ar

Continuando, o que eu falei das empresas que aproveitam os momentos importantes para impactar o seu publico e citei alguns exemplos do esporte.

Esse vai para o ar hj a noite.

http://www.youtube.com/watch?v=ius2P4b6vx4

3 de mar de 2009

Pra lembrar o que não tem preço...

A publicidade adora aproveitar fatos do momento.

No meu outro post coloquei dois filmes da nike e agora segue um da mastercard

Em breve teremos algum filme da nike, com o Ronaldo, mas para descontrair separei um antigo que, até onde me consta veiculou na argentina pela Mastercard.
http://www.youtube.com/watch?v=H1DsZKyp6PA&feature=related

R9

Eu vibrei e muito com um craque argentino (difícil, mas é verdade) Carlitos que ainda sou fã e sei que vai jogar de novo com a camisa 10 do meu timão, mas agora eu tenho um Brasileiro que tenho ainda mais orgulho...

Um dos melhores de todos os tempos (que eu vi jogar. O melhor) provavelmente vai entrar em campo hj com a camisa do meu time, que orgulho, que ansiedade, que delicia.

Se vai jogar bem se vai aguentar, se vai marcar gol, se vai se machucar, se vai... sei lá rs eu sei que eu queria muito ver isso, ohhh se queria, sou fã demais R9
do Ronaldo de coração, e independente de ele ter vindo ou não para o meu time de coração, eu já torceria para ele voltar e voltar bem. Sei que muitos
Que estou escrevendo este email também pensam assim, não vão admitir mas no fundo torcem para o Fenômeno voltar e bem.

O Clássico do do fim de semana, só ganha mais brilho e não poderia ser diferente, contra o maior dos rivais, o co-irmão... ai meu coração, ai minha
angustia.

Sou louco por ti Corinthians...

Como escreveu um palmeirense na coluna do Juca:
“Se preparem para vê-lo correr com o dedo em riste.
Para ficarem nervosos a cada vez que ele cair no gramado.
Porque jogando ou não, fazendo gols ou não, ganhando títulos ou não, vocês tem o Fenômeno.
O maior jogador da minha época e meu maior ídolo.
Ronaldinho/Ronaldo/ Rrrrrrronaldo!
Um craque que mesmo prestes a vestir a camisa alvinegra do eterno rival não deixará de ter minha torcida para que volte a brilhar.
(Especialmente com a camisa amarela da Seleção da qual há muito não assisto os jogos).
Um jogador que me daria orgulho só de treinar no meu time.
Que não me tiraria do sério nem fazendo um golaço no Marcos.
Que me faz, pela primeira vez na vida, sentir inveja dos corintianos.
E que me obriga a agradecer ao Corinthians (e isso não é pouco).
Por me permitir vê-lo atuando em um estádio.
(Afinal não perderei por nada nesse mundo os Palmeiras x Corinthians de 2009).
Se preparem para sentir a alegria de ter um craque no time.
Pois eu ainda tenho uma longa jornada para entender e aceitar tudo isso.
Antes de voltar a sonhar com um gol do Fenômeno pelo meu alviverde inteiro.
Agora podem falar à vontade...”

Ahh queria compartilhar dois vídeos com vcs!!!
Primeiro: http://www.youtube.com/watch?v=u-Qh0K5XgFc
Segundo: http://www.youtube.com/watch?v=JIJ2y9VEPWo&feature=related
Opsss: http://www.youtube.com/watch?v=pNYhps6Pe84&feature=related
Um abraço e até amanha a esta hora!!!

2 de mar de 2009

2019 pela Microsoft

Dica do Blog da Delyse Braun
Vale a pena ver o video abaixo, de como os filmes de ficção estão cada dia mais proximos da nossa realidade.
Nossos filhos vão viver isso!!!
Clique aqui